• RH Bahia
  • banner voos

Notícias

16/05/2018 14:05

Turismo e Segurança Pública são discutidos em seminário de gestão estratégica

Uma síntese dos resultados alcançados com a Política de Desenvolvimento do Turismo foi apresentada pelo secretário do Turismo da Bahia, José Alves, nesta quarta-feira (16) aos oficiais participantes do curso de pós-graduação, realizado pela Academia da Polícia Militar, em acordo de cooperação técnica com a Universidade do Estado da Bahia, no Complexo Costa do Sauípe.


O secretário José Alves fez uma explanação sobre a estratégia que prioriza promoção do destino, ampliação da oferta de voos, qualificação profissional, diversificação de produtos, infraestrutura e ação integrada com diversas secretarias. E apresentou números que demonstram a força do setor. O Mapa Turístico da Bahia, por exemplo, passou de 117 para 150 municípios.


Ele informou que, em 2018, a divulgação da Bahia está sendo feita em 25 feiras internacionais da América Latina e Europa, assim como em 27 eventos que ocorrem em estados brasileiros.


Sobre a expansão da malha aérea, José Alves mostrou que, até julho, a Bahia passará de 23 para 31 frequências internacionais regulares. "Fruto de uma acertada política de incentivos fiscais concedidos pelo governo estadual às empresas aéreas", explicou ele.


Segurança Pública


A importância da Polícia Militar para o processo de captação e manutenção dos turistas também foi um item da explanação do secretário que  enfatizou a relevância do trabalho realizado pelo Batalhão Especializado em Policiamento Turístico (Beptur) e da transversalidade entre Turismo e Segurança Pública.


"Os policiais militares oferecem segurança e atendimento diferenciado aos visitantes, em áreas de grande movimentação", destacou José Alves. "Isto tem assegurado êxito à Operação Verão e ao calendário de festas populares, com destaque para o Carnaval", finalizou.


Ao final, o secretário José Alves foi homenageado pelos oficiais por sua atuação integrada com a Polícia Militar da Bahia.


Repórter: Lenilde Pacheco

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.