• RH Bahia
  • RH Bahia
  • Casa Nova
  • Prêmio Boas Práticas

Notícias

17/04/2019 10:04

Obra de Adriana Varejão é atrativo no MAM para baianos e turistas

A exposição itinerante “Por Uma Retórica Canibal”, recorte dos mais de 30 anos de trajetória da artista visual carioca Adriana Varejão, foi inaugurada na noite desta terça-feira (16), no Museu de Arte Moderna da Bahia (MAM-BA), em Salvador.  A mostra coloca baianos e turistas em contato direto com o trabalho de um dos nomes mais importantes das artes visuais brasileiras da contemporaneidade. A visitação, aberta ao público a partir desta quarta-feira (17), é gratuita.

As 20 obras reunidas no MAM-BA integraram trabalhos expressivos de Adriana, como “Mapa de Lopo Homem II” (1992-2004), “Quadro Ferido” (1992) e “Proposta para uma Catequese – Partes I e II” (1993). Algumas, especialmente as de azulejaria, foram inspiradas nas referências barrocas que a artista encontrou em Salvador e em Cachoeira, cidades, segundo ela, fundamentais na construção de sua obra.

"A Bahia é a grande mãe, tem de tudo neste lugar, tudo aqui me inspira, o barroco, Gregório de Mattos, tudo o que representa a Bahia", disse Adriana, assinalando em sua obra a influência de elementos colhidos no claustro do Convento de São Francisco, no Pelourinho; na Igreja da Ordem Terceira do Carmo e o Seminário de Nossa Senhora de Belém, em Cachoeira.

Não por acaso Salvador é o primeiro destino, fora do eixo Rio-São Paulo, da exposição que circulará por várias cidades brasileiras com o propósito de descentralizar o acesso a esse conjunto significativo da produção da artista.

Presente à inauguração da mostra, o secretário estadual do Turismo, Fausto Franco, destacou a importância das artes e da cultura como diferenciais competitivos para a atividade turística. "Num destino de sol e praia, valorizado pela história, Salvador também oferece importantes eventos das artes, o que contribui para a permanência do visitante por mais tempo aqui".

"Adriana Varejão consegue mostrar o novo de forma impactante, é um nome que, por si só, atrai pessoas interessadas em arte, especialmente em um espaço emblemático da cultura baiana como o MAM", resumiu o secretário.

MAM-BA - Vinculado ao Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural (Ipac), o Museu de Arte Moderna da Bahia é um projeto da artista italiana Lina Bo Bardi (1914-1992), instalado no sítio histórico do Solar do Unhão. Seu acervo reúne importantes obras e documentação da arte da Bahia e do Brasil.

Adriana Varejão – Por uma retórica canibal
Visitação: 17 de abril a 15 de junho (terça a sábado), 13h às 18h
Onde: Museu de Arte Moderna da Bahia (MAM-BA)
Av. Contorno, s/n, Solar do Unhão, Salvador – Bahia
Valor: Gratuito

Repórter: Eduardo Bastos
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.