• Orientações Covid 19

Notícias

13/04/2020 15:04

Bahia perde Moraes Moreira, cantor pioneiro da música de trio elétrico

O cantor e compositor Moraes Moreira morreu aos 72 anos de idade, por volta das 6h desta segunda-feira (13), após sofrer infarto em sua casa, no Rio de Janeiro. Natural da cidade de Ituaçu, ele fez história na música popular brasileira e contribuiu para consolidar o Carnaval de Salvador como maior festa de rua do planeta, atraindo turistas do mundo inteiro.

Moraes tocava acordeon desde criança, mas o sucesso veio quando integrou o cultuado grupo Novos Baianos, nos anos 1970, gravando hits como “Acabou Chorare” e “Preta Pretinha”. A partir de 1975 iniciou carreira solo e tornou-se o primeiro cantor de trio elétrico da história ao gravar a música “Pombo Correio”, com o trio de Dodô e Osmar.

Na trajetória solo, emplacou sucessos diversos, como  “Vassourinha Elétrica” e “Bloco do Prazer”. Eventualmente, voltava a tocar com os ex-companheiros de Novos Baianos, Pepeu Gomes, Baby do Brasil, Galvão e Paulinho Boca de Cantor, em shows por todo o Brasil. Todos os anos era praticamente uma presença certa no Carnaval de Salvador ou de outras cidades brasileiras.

Moraes Moreira foi o grande divisor de águas do Carnaval baiano, encerrando uma fase em que a música de trio elétrico era o frevo instrumental e antecipando-se como vocalista aos ídolos da axé music. O cantor emplacou vários sucessos ao longo dos anos 1980 e 90 e revelou o talento do filho também músico, David Moraes. Sua morte representa uma grande perda para a música e a cultura da Bahia.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.