• Banner para acesso ao site bahia.com.br

Notícias

15/07/2021 16:07

Secretário de Turismo discute com trade medidas para a retomada

Medidas para impulsionar as atividades turísticas da Bahia na retomada foram discutidas entre o secretário estadual do Turismo, Maurício Bacelar, e lideranças do trade, na manhã desta quinta-feira (15), no Fiesta Convention. O debate teve como base os tópicos de um documento assinado pelas principais entidades ligadas ao segmento e encaminhado a Bacelar.  

 

 

Um dos setores mais impactados pela pandemia do novo coronavírus, o turismo teve suas atividades restringidas com as medidas adotadas pelo Governo do Estado para o enfrentamento. "Tivemos índices de infecção bem menores que os de outros estados, e isto mostra que, tanto na primeira como na segunda onda, as medidas foram acertadas", explicou Maurício Bacelar.   

 

Como exemplo ele citou o São João deste ano que, graças aos decretos proibindo aglomerações, não registrou grande aumento nos quadros de infecção. 

 

 

O secretário pontuou também que o diálogo entre o Governo do Estado e o trade está aberto e que ele é um interlocutor, lembrando que um dos seus primeiros atos ao assumir a titularidade da Secretaria de Turismo da Bahia (Setur) foi reunir-se com suas lideranças. "O diálogo está aberto para encontrarmos respostas às nossas questões", disse Bacelar.  

 

 

O secretário de Turismo de Salvador, Fábio Mota, participou do encontro e destacou a sintonia entre as secretarias estadual e municipal de turismo no combate à pandemia e em projetos para o incremento do setor em Salvador. "O turismo é uma atividade pública e temos de trabalhar juntos para construir uma agenda, pois estamos convictos de que haverá uma reabertura no segundo semestre e temos de ser rápidos", afirmou.  

 

 

No encontro foram discutidos também tópicos como estratégias e planejamentos para a retomada; investimentos para o setor; toque de recolher; venda de bebidas alcoólicas; parcelamentos de dívidas de água e energia elétrica; criação de linhas de crédito; prospecção e regionalização de voos; comunicação e marketing para promoção de destinos; participação em feiras internacionais; qualificação de mão de obra; infraestrutura turística; conservação de equipamentos e projetos para o Centro Histórico de Salvador.  

 

Intermediadora dos debates, a presidente da Associação Brasileira de Agências de Viagens - Abav-BA, Ângela Carvalho, destacou a importância de se voltar a investir na marca Bahia, lembrando o sucesso de slogans antigos como “Bahia, Terra da Felicidade”.  

 

 

Participaram também do encontro representantes de entidades como Associação Brasileira da Indústria de Hotéis - Abih-BA; Associação Brasileira de Bares e Restaurantes -Abrasel-BA; Associação Baiana de Receptivo --Abre; Federação Baiana de Turismo e Hospitalidade - Fetur; Brasil  Convention & Visitors Bureau; Salvador Destination; Conselho Baiano de Turismo -CBTur; Sindicato de Turismo da Bahia - Sindetur; Sindicato das Locadoras de Veículos - Sindloc-BA e Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo --Abrajet, entre outras.


Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.