• Banner para acesso ao site bahia.com.br

Notícias

13/09/2021 10:09

Debate na Setur-BA sobre reestruturação do turismo religioso envolve diferentes manifestações de fé

A Secretaria de Turismo do Estado (Setur-BA) iniciou, neste mês, a série de reuniões com instituições públicas e privadas, para discutir a reestruturação do turismo religioso na Bahia, envolvendo diferentes manifestações de fé. O primeiro encontro foi dedicado ao catolicismo.

A criação de novos roteiros, o planejamento de ações, impactos nas comunidades, estímulo ao empreendedorismo, inclusão social, capacitação profissional e políticas integradas foram alguns dos assuntos debatidos.

Segundo o diretor de Qualificação e Serviços Turísticos da Setur-BA, Francisco Xavier dos Reis, o agendamento de uma religião por vez tem o objetivo de ampliar a discussão. "Desta forma, poderemos planejar ações ouvindo todas as instituições envolvidas, com um tempo maior para cada segmento religioso. Primeiro, o católico; na sequência, o candomblé, espiritismo e religiões evangélicas, entre outras". 

O coordenador nacional da Pastoral do Turismo, padre Manoel Filho, considerou o encontro produtivo. "É o reinício de uma articulação qualificada, com uma quantidade significativa de atores. Nesta perspectiva da segmentação, podemos fazer com que o turismo religioso seja ampliado, como vetor de desenvolvimento econômico no estado".

Participaram também dos debates representantes da Secretaria Estadual do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre), da Associação Brasileira de Agências de Viagens (Abav), Federação do Comércio do Estado (Fecomércio), Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac), Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), Universidade Federal da Bahia (Ufba), Universidade Estadual da Bahia (Uneb), Fundação Mário Leal Ferreira e Sindicato dos Guias de Turismo (Singtur).


Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.