• Setur

Notícias

27/11/2023 16:11

Programa do Governo Federal financia turismo na Bahia em até 60 meses

A Secretaria de Turismo do Estado (Setur-BA) reuniu o trade turístico, nesta segunda-feira (27), na sede do órgão, em Salvador, onde foi apresentado o BB Crédito Realiza, o novo programa de financiamento do Banco do Brasil, em parceria com o Ministério do Turismo, para estimular viagens pelo país. Gastos com hotel, transporte, pacotes e ingressos de parques, entre outros serviços, podem ser financiados, em até 60 meses (taxas diferenciadas).

 

Para ter acesso ao crédito, que varia de R$ 500 a R$ 20 mil, a pessoa deve ter conta no banco. Os fornecedores dos serviços precisam estar registrados no cadastro nacional de pessoas físicas e jurídicas que atuam no turismo (Cadastur). Eles recebem da instituição financeira o valor integral contratado pelo cliente, no ato da compra, via pix. Todas as informações estão disponíveis no endereço eletrônico www.bb.com.br/creditorealiza

 

Segundo o titular da Setur-BA, Maurício Bacelar, o objetivo do encontro foi motivar o trade a divulgar a linha de crédito entre os seus clientes, como incentivo para viagens pela Bahia. "Essa é a oportunidade de os baianos conhecerem as 13 zonas turísticas do seu próprio estado, que oferecem uma diversidade de destinos e experiências, agora, com a facilidade do pagamento dos passeios em até cinco anos. A linha de crédito vai contribuir para o incremento do turismo interno", pontuou.

 

"É bastante significativo estarmos juntos, para que as empresas de turismo, o banco e o Estado possam sedimentar essa parceria, pelo incremento da economia. O propósito da nossa instituição é ser relevante na vida das pessoas, na realização de sonhos, como fazer a viagem tão desejada", declarou o superintendente do Banco do Brasil em Salvador e região metropolitana, Júlio Ramalho.

 

Para o presidente da Associação Brasileira das Agências de Viagens na Bahia (Abav-BA), Jean Paul Gonze, "essa iniciativa foi maravilhosa, porque o trade turístico estava precisando de um apoio financeiro para recuperar o que perdeu durante a pandemia. Essa linha de crédito vai nos dar um impulso e teremos resultados positivos, o mais cedo possível".

 

 

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.