• Setur

Notícias

07/02/2024 08:02

Setur-BA faz receptivo afro-baiano, atendimento aos turistas nos circuitos e pesquisa durante o Carnaval

Para estar mais próxima dos visitantes durante o Carnaval da Bahia, a Secretaria de Turismo do Estado (Setur-BA) vai atuar com 350 profissionais, entre servidores, guias credenciados e agentes de informação, nos circuitos da folia, em Salvador. Os três postos fixos do Serviço de Atendimento ao Turista (SAT) já existentes (aeroporto, rodoviária e Pelourinho) irão funcionar em regime especial, além de quatro unidades avançadas, instaladas no Campo Grande, Praça Municipal, Barra e Ondina, e pontos de apoio em 11 hotéis. Os foliões terão orientações sobre atrações turísticas, a programação da festa e serviços essenciais, podendo acessar rede Wi-Fi gratuita no Terreiro de Jesus e Largo do Pelourinho. Nos casos de estrangeiros e pessoas com deficiência auditiva, serão disponibilizados intérpretes.

 

Na terça-feira (6), os profissionais que irão trabalhar na festa participaram de uma capacitação, na sede da Setur-BA, com a colaboração de representantes das secretarias estaduais de Segurança Pública (SSP), da Saúde (Sesab), de Promoção da Igualdade Racial (Sepromi) e de Proteção à Mulher (SPM), do Ministério Público e do Procon. No mesmo dia, atracaram no porto da capital os navios Grandiosa e Seaview, do grupo MSC, trazendo mais de 10 mil cruzeiristas, que foram recepcionados por uma equipe do Governo do Estado.

 

A Setur-BA também vai oferecer receptivo especial nos portões de entrada da cidade (terminais aeroviário, rodoviário e portuário), com manifestações culturais afro-baianas e confecção de turbantes. O trabalho do órgão inclui uma pesquisa sobre o perfil do turista que participa do Carnaval da Bahia, para ouvir pessoas em Salvador, Camaçari (Guarajuba e Arembepe), Mata de São João (Praia do Forte), Porto Seguro e Lençóis. Ainda no interior do estado, a secretaria patrocina atrações musicais em 31 municípios, por meio da Superintendência de Fomento ao Turismo (Sufotur).

 

"Montamos uma estrutura qualificada, reunindo a equipe da Secretaria de Turismo e mais os profissionais contratados durante o Carnaval, para ações transversais que envolvem outros órgãos estaduais. Vamos oferecer o melhor aos visitantes, que irão curtir a festa e aproveitar para ir à praia, fazer passeios pela Baía de Todos-os-Santos, degustar nossa culinária ou pedir proteção ao Senhor do Bonfim e à Santa Dulce. Esse é o nosso diferencial: temos o maior Carnaval de rua do mundo, acompanhado de diversos atrativos, além da folia", pontuou o titular da Setur-BA, Maurício Bacelar.

 

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.