• Programa Primeiro Emprego
  • Programa Mais Futuro
  • Governo - Hospital N. S.do Bom Sucesso em Cruz das Almas
  • Governo - Anel Viário de Candeias

Programa de Desenvolvimento da Cadeia Produtiva

O Programa visa incentivar a produção regional associada ao turismo e o desenvolvimento de negócios nos diversos municípios das zonas turísticas, proporcionando o crescimento das oportunidades de emprego e a geração de renda, a partir de processos produtivos que sejam compatíveis com a vocação regional. A proposta é fomentar toda produção associada ao setor de turismo, com vista a alcançar três grandes objetivos: inserir o turismo na matriz econômica do Estado; incluir a população local no sistema de geração de riqueza proporcionado pelo turismo; e implantar empreendimentos privados mais integrados às economias locais

O programa tem como base dois projetos: Pesquisa da Cesta de Consumo dos Complexos Turísticos e da Produção Local (Produção Associada ao Turismo) e o Projeto de Fomento a Criação de Arranjos Produtivos Locais. O projeto de pesquisa é o passo inicial do programa e tem a missão de gerar subsídios para a articulação dos órgãos governamentais em três níveis: na execução do Projeto de Fomento a Criação de Arranjos Produtivos Locais, no apoio a implantação de empreendimentos privados mais integrados às economias locais e no subsídio aos diversos órgãos governamentais para a atração de investimentos públicos e privados para as regiões.

Pesquisa da Produção Associada ao Turismo

A pesquisa tem com objetivo principal realizar um diagnóstico da estrutura da oferta dos bens e serviços turísticos e da produção local de 11 Pólos Turísticos do Estado. Esse diagnóstico será feito através do dimensionamento do número e das principais características dos equipamentos e empreendimentos turísticos existentes. No caso específico dos meios de hospedagem, será feito também um diagnóstico da estrutura e dimensão do conjunto de insumos e de outros meios de produção consumidos por essa atividade, com identificação da localidade dos seus fornecedores diretos.

Como se trata de uma pesquisa inédita para o setor de turismo no Brasil, a SETUR realizou uma amostra-piloto na localidade de Praia do Forte. Essa amostra foi realizada com vistas a subsidiar a elaboração do Termo de Referência para contratação de empresa especializada. Mas o seu resultado já reforçou a urgência de realizá-la de forma mais profissional, uma vez que apontou elementos de grande impacto econômico, como a compra, em Pernambuco, da quase totalidade do marisco consumido nos hotéis da localidade.

A amostra-piloto foi realizada no período de 26 a 28 de agosto, em Praia do Forte, município de Mata de São João, e teve como objetivo mensurar, de forma simplificada, a demanda dos produtos e serviços, detectando a origem de sua compra. A amostra foi realizada em 17 meios de hospedagem de grande, médio e pequeno portes, representando mais de 75% do número de UH’s desta localidade. Além dos resorts, hotéis e pousadas, também fizeram parte desta amostra 11 restaurantes. O Termo de Referência já está concluído e o processo de licitação encontra-se na Procuradoria Geral do Estado – PGE para avaliação.

Projeto de Fomento a Criação de Arranjos Produtivos Legais

O objetivo deste projeto é promover a articulação entre os aglomerados de agentes econômicos, políticos e sociais, localizados no mesmo território, mas que ainda não apresentam vínculos consistentes de articulação, interação, cooperação e aprendizagem. Nessa articulação estão incluídas empresas produtoras de bens e serviços finais, fornecedores de insumos e equipamentos, prestadores de serviços, comerciantes, clientes e também outras instituições públicas e privadas, voltadas para a formação e treinamento de recursos humanos, pesquisa, desenvolvimento e engenharia, além de promoção e financiamento.

Recomendar esta página via e-mail: