• Prêmio de boias práticas 2017
  • Novas sedes e visturas reforçam segurança no Sudoeste
  • Banner Recadastramento do Servidor

Notícias

01/09/2017 16:09

Setur faz mapeamento de atrativos para roteiros de Turismo Étnico-afro

Mapeamento de atrativos para desenvolvimento do turismo étnico-afro em Feira de Santana e lições de bom atendimento ao turista foram tema de qualificação oferecida pela Secretaria do Turismo do Estado (Setur) a artesãos, capoeiristas, participantes de grupos culturais e o povo de santo dos terreiros de candomblé da cidade localizada a 120 quilômetros de Salvador.

Nesta sexta-feira (dia 1º), mais de 30 participantes do programa de qualificação discutiram a importância do bom atendimento aos clientes, especialmente aos turistas que visitam a Bahia. Além de dicas para uma comunicação eficaz com o visitante, a aula, realizada no Mercado de Arte Popular, incluiu dinâmicas e exibição de vídeos.

Ontem (31), o foco do encontro foi a identificação de atrativos naturais e culturais que poderão compor o roteiro do turismo étnico-afro em Feira de Santana. O município é sede de 250 terreiros inscritos na Federação Nacional de Culto Afro (Fenacab). O diagnóstico montado com a participação de entidades ligadas ao segmento também foi iniciado na cidade de Cachoeira, na última terça-feira (29).

O trabalho é uma das etapas da formação da rede de turismo étnico-afro da Bahia, que visa desenvolver e fortalecer o segmento considerado importante vetor para a economia de municípios baianos que se destacam pela influência da cultura afro-brasileira e das religiões de matriz africana.

Repórter: Ana Paula Cabral

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.