Notícias

12/04/2018 15:04

Patrimônio histórico-cultural amplia competitividade do turismo baiano


 

A preservação do patrimônio histórico-cultural e a produção cultural contemporânea contribuem decisivamente para elevar a competitividade dos municípios turísticos. 


Em síntese, foi o que demonstrou a assessora técnica da Secretaria do Turismo da Bahia, Taís Viana, em explanação feita aos participantes de curso sobre “Qualificação em Preservação e Salvaguarda do Patrimônio Cultural”, realizado pelo Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia (Ipac).


Para uma plateia composta por policiais militares, policiais vinculados à Delegacia de Proteção ao Turista e à Guarda Municipal, os diversos palestrantes, reunidos no Centro de Documentação e Memória (Rua Gregório de Mattos), nesta quarta-feira (11), destacaram a importância da preservação do patrimônio cultural.


A representante da Superintendência de Serviços Turísticos da Setur, a assessora Taís Viana deu ênfase à crescente demanda dos turistas pela gastronomia, tanto quanto pelos segmentos religioso e étnico, assinalando que a Bahia é fonte inesgotável de alternativas. Com olhar no futuro, ela disse que a oferta baiana contempla, ainda, autenticidade e sustentabilidade, valores que atendem aos viajantes do futuro.

 

Texto: Lenilde Pacheco

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.