• banner gov

Notícias

24/01/2024 13:01

Promoção turística e exposição fotográfica retratam a Bahia na Espanha

 

A Praça Callao, no Centro de Madri, uma das mais movimentadas da capital da Espanha, foi palco, na tarde de terça-feira (23), do lançamento da campanha de divulgação do destino Brasil, com a participação da Secretaria de Turismo da Bahia ( Setur-BA). A iniciativa da Agência Brasileira de Promoção Internacional do Turismo ( Embratur) é em parceria com a cadeia espanhola de lojas El Corte Inglés, que também possui uma operadora turística. O telão em led da praça exibe um vídeo mostrando os atrativos do Brasil, enquanto acontece uma ação gastronômica, onde a culinária baiana tem destaque. 

 

“ A estratégia é mostrar toda a diversidade e sustentabilidade do turismo brasileiro, indicando aos espanhóis onde eles podem comprar os pacotes de viagens. A Bahia é importante nessa campanha, por ser o único estado do Nordeste que tem voo direto de Madri, com operação da Air Europa”, ressaltou a coordenadora de Mercados Internacionais da Embratur, Carolina Stolf.

  

“ O mercado espanhol é prioritário para a Bahia, em função da conectividade aérea. O voo Madri-Salvador tem 91% de ocupação, o que demonstra o interesse dos espanhóis pelas experiências que o turismo baiano oferece. A linha também serve de conexão para outros países da Europa”, explicou o diretor de Promoção da Setur-BA, Pedro Gramacho.

 

Ainda na terça-feira (23), em Madri, foi aberta, na Casa do Brasil, a exposição “ Retornados: Uma história de baianos na África”, do fotógrafo hispano- brasileiro Enrique Martín-Ambrosio, sobre o movimento migratório que desafiou a lógica do tráfico de pessoas e fez o caminho inverso, promovendo o retorno de descendentes de africanos do Brasil para o continente dos seus pais e avós. A curadoria também presta uma homenagem ao fotógrafo e antropólogo franco-brasileiro Pierre Verger, que morou na Bahia. A exposição acontece no momento em que a capital espanhola sedia a Feira Internacional de Turismo ( Fitur), uma das maiores do mundo, reunindo 152 países, com a participação da Setur-BA.

 

“ Aproveitamos a vinda de baianos para a Fitur e mostramos registros fotográficos que representam a histórica ligação da Bahia com a África. Vou a Salvador duas ou três vezes por ano, onde a capoeira e o candomblé despertam muito o interesse dos estrangeiros, atrativos que precisam ser valorizados. A Secretaria de Turismo do Estado tem nos ajudado no trabalho de pesquisa “, relatou Ambrosio.

 


Foto: Ascom/Setur-BA

 

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.